EPISÓDIO 10 – ‘Dossier OTA’
( 15/06/08 )

Na manhã de 2 de Novembro de 1982 Júlio Guerra, piloto da Força Aérea Portuguesa, voava na zona da serra de Montejunto num voo de treino. Foi aí que observou um objecto que lhe despertou a curiosidade. Ao tentar aproximar-se, o objecto subiu rapidamente até à sua altitude, percebendo aí que se tratava de um objecto discóide, com dois hemisférios, de cor metálica e tom avermelhado na parte inferior. Depois de um contacto via rádio, um outro avião aproximou-se. Dois outros pilotos, Carlos Garcês e António Gomes, testemunharam também aquele estranho evento.

(Parte 1)

(Parte 2)

(Parte 3)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: